Publicidade

Esporte

Vitória tem dois jogos e Bahia folga antes do clássico

Por  | 

Clássico não tem favorito, é verdade, mas para o próximo Ba-Vi, pelo menos até a bola rolar, é possível apontar uma vantagem para o lado tricolor: o condicionamento físico dos jogadores.

Desta sexta-feira, 9, até o dia 18 de fevereiro, quando Vitória e Bahia se enfrentam pela 6ª rodada do Campeonato Baiano, no Barradão, o Tricolor terá nove dias livres para se preparar para o clássico.

O Vitória, por outro lado, entrará em campo duas vezes nesse período. No sábado, 10, contra o ABC, pela Copa do Nordeste, e quinta-feira, contra o Corumbaense-MS, pela Copa do Brasil.

Fernando Miguel falou sobre a sequência de jogos do Leão e lamentou o calendário. Para o goleiro, no entanto, o desgaste fica em segundo plano quando o assunto é Ba-VI.

“É o calendário do nosso futebol e temos que nos adaptar a ele. Além disso, em um clássico, qualquer tipo de desgaste fica em segundo plano. Temos duas partidas difíceis antes do Ba-Vi e vamos focar nelas antes de pensar no Bahia”, explicou o goleiro rubro-negro.

Mais da metade do time titular do Vitória começou todos sete jogos da temporada. São eles: Fernando Miguel, Kanu, Bryan, Uillian Correia, Yago e Neilton. O zagueiro Kanu e o lateral esquerdo Bryan, inclusive, sequer foram substituídos durante as partidas.

No lado do Bahia, Zé Rafael foi o único que esteve em campo nos sete jogos até aqui, mas em um dos jogos o meia não começou entre os titulares.

Quando a bola rolar para o primeiro Ba-Vi de 2018, o Esquadrão vai estar em campo pela oitava vez na temporada. Serão 180 minutos a menos que o Rubro-Negro, já que o time de Vagner Mancini fará sua 10ª partida no clássico.

Apesar do confuso calendário do futebol brasileiro, as duas partidas a menos do Bahia tem explicação. Atual campeão da Copa do Nordeste, o Esquadrão tem o benefício de entrar direto nas oitavas de final da Copa do Brasil. Já o Vitória disputa a competição desde a primeira fase.

Coincidentemente, o benefício virou também tempo de descanso e preparação justamente antes do clássico.

Na terça, 8, um dia depois da goleada sobre o Vitória da Conquista, o meia Régis comentou sobre o período que o time ganhou para se preparar para o primeiro clássico do ano.

“Agora temos tranquilidade para treinar nessa folga do carnaval e chegar 100% contra o Vitória. Ba-Vi é o clássico, o jogo de começo de temporada com mais visibilidade em Salvador”, explicou o meia.

Ainda de acordo com Régis, os dias livres para treinar vão servir para que Guto Ferreira possa corrigir erros apresentados pelo time até aqui.

“Vamos aproveitar a parada para ajustar alguns detalhes, não começamos tão bem. Não era o que a gente esperava. Os resultados não estavam vindo, mas com esse triunfo sobre o Conquista, vamos chegar fortes no clássico”, projetou Régis.

Treinos

Na terça, 8, as duas equipes seguiram a programação de treinos, com os titulares participando uma atividade regenerativa.

O elenco do Vitória, que só retorna para Salvador após a partida contra o ABC, treinou no CT do América-RN.

Já os jogadores do Bahia se reapresentaram no Fazendão.

 

Por: A Tarde

Gostou? Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.