Publicidade

Economia

10 veículos seminovos que menos perderam valor de mercado

Por  | 

O valor de mercado do Chevrolet Onix ano 2015 permaneceu quase que estável no último ano no Brasil. Segundo levantamento da plataforma AutoAvaliar, sistema de gestão de vendas e estoque utilizado em 2,5 mil concessionárias e cerca de 20 mil revendedores multimarcas no Brasil, o modelo da General Motors teve uma leve desvalorização de 0,09% entre 2016 e 2017, período em que foi negociado no País a um preço médio de aproximadamente R$ 35 mil.

O Fiat Uno Vivace 2015 e o Renault Sandero 2012 aparecem logo abaixo na lista dos seminovos que menos se desvalorizaram em 2016, com variação de preço de 0,12% e 0,31%, respectivamente.

“O fato de um veículo seminovo praticamente não se desvalorizar de um ano para outro deixa o consumidor mais confortável para comprar um automóvel usado”, afirma J.R. Caporal, presidente da AutoAvaliar.

Segundo dados da AutoAvaliar, o comércio eletrônico de seminovos no Brasil movimentou cerca de R$ 20 bilhões em 2017. De janeiro até dezembro do ano passado, foram vendidos cerca de 96 mil veículos no pregão online da empresa, o que representa uma venda a cada cinco minutos.

Os 10 veículos seminovos que menos perderam valor de mercado entre 2016 e 2017

MARCA MODELO ANO PERCENTUAL
CHEVROLET ONIX 2016 0.09
FIAT UNO VIVACE 2015 0.12
RENAULT SANDERO 2012 0.31
VOLKSWAGEN VOYAGE 2014 0.43
PEUGEOT 206 2008 1.86
FIAT TORO 2016 0.21
FORD KA 2016 0.63
HYUNDAI TUCSON 2016 0.34
FIAT STRADA 2011 1.27
VOLKSWAGEN GOL 2011 2.57

Fonte: AutoAvaliar

Tabela mostra quanto a concessionária paga no usado

Para auxiliar os consumidores no momento da negociação de troca de um veículo usado por outro modelo, a AutoAvaliar disponibiliza uma tabela de preços que mostra quanto a concessionária pode pagar no automóvel ofertado no negócio.

Trata-se da primeira tabela de preço de seminovos baseada em valores transacionais de mercado. Para montar o sistema de precificação,  a AutoAvaliar utiliza toda sua base de dados, que inclui o monitoramento de 720 mil automóveis comprados anualmente pelas concessionárias cadastradas na plataforma, além dos do mais 96 mil automóveis seminovos comercializados todos os anos no pregão online da companhia.

Também fazem parte dessa complexa base de cálculo as quase 200 mil avaliações ao mês no aplicativo AutoAvaliar, além dos outros 660 mil carros vendidos no varejo pelas concessionárias por ano.

O sistema traz recursos para consultas rápidas de preços, incluindo detalhes sobre o veículo que as demais tabelas do mercado não possui, como preços de seminovos praticados em cada região do Brasil, opcionais do veículo, estado de conservação e muitos outros itens.

Os preços da tabela AutoAvaliar, além de serem baseados valores praticados no mercado, levam em consideração ainda parâmetros como cor, estado de conservação e acessórios, entre outros.

O acesso é gratuito e pode ser feito no http://tabela.autoavaliar.com.br/.

 

Por: A Tarde

Gostou? Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.